Aloha Spirit 2018 em Brasília

Em 2018 o Aloha Spirit Festival completa 10 anos de vida e desde junho, a equipe da Ecooutdoor tem planejado o novo formato do evento, novas modalidades, premiações e atrações que este ano comemorativo irá apresentar. Pode-se já afirmar que será novamente um divisor de águas no Brasil e um ano onde a organização pretende quase dobrar o número de pessoas em cada uma das etapas.

Já existiam conversações entre a Ecooutdoor e a produtora Lua Cheia, esta local de Brasilia e realizadora de grandes eventos na região, para que o festival fosse para o Lago Paranoá. É inegável que lá é um dos maiores berços de grandes atletas nacionais, não só dos esportes aquáticos, e também local com grande número de praticantes de natação, canoa havaiana, stand up paddle entre outras modalidades dentro e fora d’agua.

“As reuniões foram bastante sérias e isso nos fez fechar com a cidade”, disse João Castro, diretor da Ecooutdoor. O pensamento para 2018 é que se trata de um ano de comemoração e que o evento será bastante cuidadoso e exigente na escolha dos lugares que receberão cada uma das etapas, pois o comprometimento é regra para que o maior festival de esportes aquáticos da América Latina, tenha tranquilidade e certeza que entregará para seu consumidor, um ano inesquecível, comemorativo e incrivelmente mais bacana do que o evento já é. “Não dá para cometer erros e perder a chance de comemorar de maneira grandiosa esta data, ela só passa uma vez”, afirma a equipe da Ecooutdoor.

Por isso todos devem já riscar a primeira data confirmada em suas agendas que será dias: 22, 23 e 24 de Junho. O local também já está definido e será dentro do Pontão do Lago Sul.

A Lua Cheia e sua expertise, ajudará a Ecooutdoor em muitas frentes, mas uma das mais importantes é a profissionalização da feira de equipamentos. Pretende-se que esta feira comece com tamanho médio, com marcas que atendam o mercado esportivo de maneira geral, podendo ser realizada nas 3 etapas de 2018! Não será mais a feira no estilo “praia” e simples, da maneira que vinha sendo feita, mas algo que seja profissional e gere negócios.

Musica, cinema em um novo formato, exposição de fotos de 10 anos do evento, esportes na areia, lançamento de um projeto social e outros ambiental, atletas patrocinados pelo Aloha Spirit, a vinda mais uma vez dos nossos amigos do Taiti, a internacionalização do Aloha Spirit, um canal de Tv profissional, são apenas algumas das boas novidades que virão por aí.

Existem muitas cidades que já estabeleceram contato com a Ecooutdoor, pleiteando a realização de uma etapa, assim como movimento de atletas, grandes grupos que escrevem pedindo a realização em determinadas cidades. Só no estado do Rio de Janeiro foram: Rio das Ostras, Saquarema, Paraty e Niterói.

Embora seja possível a realização de duas etapas no mesmo estado, Cabo Frio por ter sediado a etapa de 2017, tem a prioridade e em breve teremos definido se a etapa se repetirá lá, sim ou não.

Seria incrível comemorar 10 anos na cidade onde tudo começou e a única que jamais deixou de realizar uma etapa do Aloha Spirit, que é Ilhabela, mas ainda não foram iniciadas as reuniões para poder garantir se lá o evento estará novamente, mas acreditamos ser praticamente impossível não acontecer, já que ao longo destes 9 anos, o evento se consolidou como o 3º maior evento na Ilha e estudos já mostram ser o segundo maior.

Outras cidades que estão no pleito são: Salvador, Itacaré, Vitória, Florianópolis e Santos, sendo que esta última tem a chance de firmar o Aloha Spirit Elas na cidade, mas vai depender bastante de como serão as negociações para 2018.

Por enquanto é isso!

Bem vinda cidade de Brasilia ao circuito 2018. Bem vindo Aloha Spirit Festival 10 anos!

Aloha!

Fonte: http://www.alohaspirit.com.br/wp/index.php/2017/09/13/aloha-spirit-2018-em-brasilia/